Image Slider

MUDEI DE VISUAL NA MANUBELA! | RESULTADO, PREÇO, EXPERIÊNCIA

| On

Dizem que quando uma mulher muda o seu cabelo, está pronta para mudar a sua vida. Também eu estava pronta para mudar de capítulo. E vou contar-vos a minha experiência naquele que deve ser o cabeleireiro de referência em Portugal em técnicas de balayage, californianas, baby lights: a Manubela. Já há algum tempo que planeava uma ida a este cabeleireiro da Pontinha e no final de Agosto decidi não mais adiar. Sempre fui muito conscienciosa com o meu cabelo e o medo de mudar sempre me dissuadiu mas, por alguma razão, tinha confiança de que não sairia frustrada com esta decisão. Não bastava os resultados falarem por si (vejam as redes sociais), como ainda é comum muitas famosas e influencers publicarem no Instagram aquela fotografia "da inveja". 



O espaço abre às 09:00 e não trabalha com marcações para trabalhos tendência - apenas por ordem de chegada -, o que significa que há a possibilidade de aguardar muito tempo pelo nosso espacinho na agenda. Por isso, às 08:30 já estava à porta. Eu e outras cinco senhoras que também aguardavam ansiosamente para mudar o seu cabelo/vida. Um pouco antes das 09:00, convidaram-nos a entrar e aos poucos, as técnicas vinham buscar-nos uma a uma ao balcão, onde dizíamos o tipo de trabalho que queríamos e nos vestiam um kimono de cetim cor-de-rosa. Há todo um cerimonial. Senti-me num tratamento de luxo, quase prestes a realizar uma daquelas makeovers à programa de televisão. Ali também os meus pertences foram guardados. Wait... What?! Tenho mesmo de me desfazer da minha mala?! Depois percebi o porquê. O salão é tão concorrido que ao levantar e sentar para colocar a tinta, lavar o cabelo, tirar tinta, secar cabelo, estamos constantemente a trocar de cadeiras (que estão SEMPRE ocupadas). É que pouco tempo depois da hora da abertura, o espaço já estava completamente cheio de clientes. Para não haver trocas entre pertences, é-nos entregue uma chapinha com um número para mais tarde os levantar.


Como não tinha o cabelo pintado ou sujeito a outros procedimentos químicos, não foi necessário realizar o teste de madeixa. Contei e mostrei algumas fotografias do que pretendia à cabeleireira responsável por mim, que rapidamente me disse que o natural e orgânico que eu dizia querer não tinha nada a ver com as imagens que lhe estava a mostrar. Confiei e deixei-a fazer a sua alquimia. Ao todo, o processo demorou apenas DUAS HORAS E MEIA! Estava preparada até para almoçar tarde porque estas coisas levam tempo mas às 11:30 já estava despachada.


Agora o veredicto final.

VALEU A PENA? MUITO MUITO!! O resultado foi exatamente o que eu queria mas não sabia bem como explicar. A técnica compreendeu o meu perfil. Saber ler as pessoas é um traço importante nesta profissão. Basicamente, consegui um bronde (brown + blonde) com tons avelã e uma progressão muito natural e sem alterar a cor da minha raiz.  
Ir à Manubela é uma experiência e ambiente completamente diferentes dos cabeleireiros tradicionais. Não há conversas de café nem de circunstância. As técnicas deixam-nos ter o nosso momento. No início estranha-se. Então mas... não vamos trocar umas palavrinhas? mas depois percebemos que nos é dado espaço e que é preciso foco neste tipo de trabalho (ahh, e que há muitas clientes para atender). No final, ainda tive direito a full makeover com maquilhagem pelo querido e talentoso Ely que caprichou nas fotografias.

QUANTO PAGUEI? Antes de ir à Manubela, procurei saber mais ou menos quanto iria investir nesta mudança de visual. Entrei em contacto via Instagram e informaram-me que, para o meu tamanho de cabelo (que é longo) e para o procedimento tendência que procurava, o valor estava situado entre os 100€ e os 150€. Para um trabalho de qualidade e num espaço tão badalado, o valor não era uma exorbitância. E não fugiu ao valor que paguei - 127€. Claro que o preço que vos estou a dar serve apenas como referência. O meu cabelo é comprido e saudável e a única coisa que fiz foi apenas aquele trabalho de cor. Se o tamanho do vosso cabelo for mais curto, necessitar de mais produtos ou fizerem algo mais, o valor será naturalmente diferente. Ahh, levem dinheiro porque o cabeleireiro não aceita cartão de multibanco. 

Deixo aqui o meu feedback. Fiquei maravilhada com o resultado. Sem dúvida que, quando quiser aclarar novamente, vou repetir a experiência. Mas agora vou ficar por aqui e deixar as fotografias falarem por si. Se estão a ponderar ir ao espaço Manubela, arrisquem!



Se tiverem alguma questão que eu não tenha desenvolvido no post, deixem nos comentários que terei todo o prazer em responder.

Beijinhos,

COMO RECUPEREI AS UNHAS DEPOIS DO GELINHO/GEL | REVIEW: OS PRODUTOS QUE ME SALVARAM

| On
Admito: fiz gelinho durante mais de dois anos sem qualquer pausa. Mas sabia tão bem ter sempre as unhas bonitas e bem feitinhas... O resultado não podia ter sido pior e as minhas unhas, que em tempos tinham sido fortes, saudáveis e de crescimento rápido, estavam tão quebradiças que mais pareciam folha de papel. Um toque mais brusco partia a minha unha ao ponto de a rachar, o que fazia com que mais tarde demorasse uma eternidade a crescer. Além disto, notava que estavam muito fragilizadas, secas e com uma textura fora do normal, quase "riscada".


Apesar do gelinho não ser tão prejudicial como as unhas de gel, não deixa de ser um processo com químicos que agridem e que retiram defesas e componentes importantes na nossas unhas. Sempre fiz todo o processo e as manutenções do gelinho no meu espaço de estética de eleição, que frequento já há mais de dez anos. Lá tenho a maior confiança, sei que os produtos são de qualidade e as técnicas têm o cuidado de não utilizar broca para retirar os vernizes entre manutenções. Ainda assim, por a longo prazo danificar as unhas, é aconselhado fazer uma pausa algures no processo, nomeadamente quando começamos a sentir alguma fragilidade. Eu não fiz e cometi um erro pelo qual vim a pagar caro. Experimentei vários produtos e várias marcas, inclusivamente o famoso Ecrinal de farmácia e nada funcionava. Temi verdadeiramente não conseguir recuperar as minhas unhas até  que cheguei à fórmula final que realmente me ajudou a trazê-las de volta à vida! Os dois heróis desta história são da Mavala, uma marca suíça com laboratórios que desenvolvem produtos de beleza e de tratamento de alta performance.


Vou então passar a explicar a aplicação dos produtos e falar-vos um bocadinho sobre eles. Costumo aplicá-los antes de me deitar para os deixar atuar. O primeiro a usar (o da esquerda com tampa vermelha) é líquido com pincel - o Mavala Scientifique - e promete endurecer a unha quebradiça, devolvendo-lhe vitalidade e o seu aspeto normal e forte. Foi desenvolvido em 1958, tornando-se no best seller da marca. Desde aí, manteve a imagem do clássico frasquinho azul e a sua fórmula poderosa.

APLICAÇÃOPrimeiro, as unhas devem estar limpas e sem qualquer resíduo de verniz. Antes de usar o Mavala Scientifique, que deve ser aplicado exclusivamente na ponta da unha, evitando ao máximo o contacto com a pele, cutículas e debaixo da unha, convém aplicar um óleo protetor nas cutículas/pele (pode até ser o simples óleo de amêndoas doces, não é necessário ser nada de especial). Quando comecei saltava este passo e as peles em volta da unha ficaram muito ressequidas e duras porque... bem, é esse o objetivo que procuramos na unha. O cheiro não é nada agradável por isso aconselho a que a aplicação seja feita num espaço arejado.

FREQUÊNCIA: Inicialmente, para tratamento de choque, se assim se justificar, aplicar duas a três vezes por semana. Quando as unhas começarem a ficar mais fortes, passar para uma vez por semana. Depois passar a aplicar duas a três vezes por mês. Vocês saberão fazer essa gestão.

PREÇO: cerca de 15€. Já passou mais de ano e ainda só usei um terço.

VALE A PENA? Vale muito a pena e rende muito. Aconselho-o vivamente a quem tem alguma propensão para partir a unha ou a quem está a passar o mesmo problema de enfraquecimento depois de fazer gelinho/unhas de gel. Ao fim das primeiras três semanas de utilização, notei que já não estavam "moles" nem que partiam ao mínimo toque e, com o uso continuado, voltaram ao normal!


Quando sentia que a unha já tinha absorvido todo o produto anterior, então era hora do sidekick - o Nailactan. Este é um creme leitoso super nutritivo ideal para unhas secas e com sinais de agressões externas. Tem na sua composição aminoácidos essenciais, lípidos e vitaminas que equilibram e fortalecem a queratina. No geral, e o que promete, é uma nutrição e hidratação da unha, restaurando a sua natural flexibilidade e resistência.

APLICAÇÃO: Como é em creme, tem uma fórmula leitosa e ligeiramente gordurosa. Aplicar desde a raiz até à ponta da unha. O primeiro produto não deve ser usado com verniz mas o Nailactan pode, apesar de ser mais eficaz quando aplicado diretamente na unha. Pode ser adquirido em dois formatos: em creme leitoso vendido em tubo (o meu), ou em creme de boião. Tem um cheiro suave e quase indetectável.

FREQUÊNCIAUsei todas as noites durante dois/três meses porque as minhas unhas estavam muito fragilizadas. Quando senti que já estavam recuperadas, passei a usar duas vezes por semana. Agora ponho apenas de vez em quando, durante a manicure normal.

PREÇO: cerca de 20€. Por ser em creme e sair mais quantidade pelo tubinho, não dura tanto tempo quando o Mavala Scientifique mas ainda assim, basta um pontinho de creme em cada unha e espalhar. Durou cerca de um ano.

VALE A PENA? Recomendo, sem sombra de dúvida. Este creme devolveu o ar saudável e  a hidratação às minhas unhas. É um pouquinho mais caro mas uma vez que rende bastante e que é muito eficaz, super aconselho. O Nailactan é um excelente produto para incorporar na rotina de manicure, depois de usarem o verniz/top coat. Além dissso, além de hidratar a unha, também o faz com as cutículas.


Esta foi a minha experiência e primeiro contacto com os produtos da Mavala e não poderia ter ficado mais rendida às evidências. Os produtos não são propriamente económicos mas quando há provas desta qualidade e eficácia, então acho que vale a pena investir. Experimentei em vão tantos que não funcionaram (e aí sim, considero que perdi dinheiro) que foi uma lufada de ar fresco dar de caras com esta fórmula vencedora: Mavala Scientifique + Nailactan.

ONDE COMPRAR A MARCA MAVALA? Podem encontrar os produtos em várias lojas online, parafarmácias, perfumarias locais (o meu caso) ou  grandes espaços como a Sephora, Douglas, Perfumes & Companhia, etc.

Em dois simples passos, invisto na vitalidade das minhas unhas que irão crescer mais fortes e saudáveis. Hoje uso-os apenas como cuidado e prevenção. Tal como os cremes hidratantes e séruns para o rosto, também as nossas unhas merecem o cuidado e atenção.

SOU CONTRA O GELINHO/GEL? Hoje em dia dispensei por completo o gelinho ou outros procedimentos "danosos" para as unhas - fico-me pela manicure normal. Não sou contra mas acho que a longo prazo trazem consequências negativas. Para mim, vejo-os apenas como uma saída prática para quando vamos de férias ou algo do género, mas nunca de uso continuado. Além disso, surgiram também muitas notícias que alertavam para os perigos associados às luzes UV, utilizadas para catalisar os vernizes, que me deixaram a pensar. Prefiro jogar pelo seguro.

Para quem estava habituada, é uma seca não ter sempre as unhas pintadas e arranjadas durante três semanas sem mexer uma palha mas agora prefiro alguma precaução. E vocês? Qual a vossa experiência e opinião com gelinho ou gel?

ATAQUE AOS SALDOS VERÃO 2019 | STRADIVARIUS, LEFTIES, EL CORTE INGLÉS...

| On

Vamos fazer de conta que esta ausência nunca aconteceu... Qualquer dia, num post ou seis, conto-vos os acontecimentos e motivos que me fizeram afastar e deixar de escrever no blog. Espero ir compensando e retomar os velhos hábitos de que tanto gostava.

Desta vez gostava de partilhar convosco as minhas últimas conquistas nestes saldos de Verão. No geral, acho que a oferta das lojas estava fraca, com peças de má qualidade, antiquadas ou de coleções muito antigas. Mas, procurando bem e com muita persistência, conseguem desenterrar-se poucos mas bons achados. E começamos com a minha peça preferida: esta camisa axadrezada da Lefties & Disney, lançada para celebrar os 90 anos do rato Mickey. É mais curtinha e tem um ar retro. À frente tem um coração com o Mickey e a Minnie. Mas as costas... As costas desta camisa derretem qualquer um.


Lefties - 5.99€ 17€ | tamanho S


Também na Lefties, comprei este top vermelho florido com aqueles atilhos que dão o ar enrugado às peças.  Já da Stradivarius, com uma forma semelhante aos tops de tendência milkmaid, trouxe o top preto com bolinhas brancas. Gostei bastante tanto de uma peça como de outra. Acho que com umas calças pretas mais larguinhas hão-de ficar muito elegantes para este Verão.


Lefties- 5€ 8€ |tamanho S


Stradivarius - 5.99€ 12.99€ |tamanho M

Quanto a partes de baixo, a busca também se revelou proveitosa. Andava há tanto tempo à procura de uma saia de ganga que não fosse nem demasiado justa, nem demasiado curta. E aqui está ela... e a metade do preço!


Pull & Bear - 9.99€ 19.99€ | tamanho M

Nos últimos tempos tenho vindo a dispensar as calças super skinny. Fiquei adepta de calças menos justas com um corte mais straight: são mais confortáveis e menos quentes. Na Pull & Bear comprei também estes dois pares de calças. As da primeira imagem são tipo fato mas com um ar mais casual. As segundas são de fato de treino e seguem a tendência cargo/militar.


Pull & Bear - 12.99€ 22.99€ | tamanho S


Pull & Bear - 12.99€ 19.99€ | tamanho XS (o S estava esgotado)

Precisava urgentemente de renovar os meus biquínis e fatos-de-banho e aproveitei esta grande oportunidade no El Corte Inglés. As peças são de uma qualidade superior e as coleções são muito diferentes e elegantes. Parece que tudo tem corte, estrutura e que é feito a pensar na silhueta da mulher. Não fui muito original nas cores, admito, mas adoro roupa de praia preta ou branca. Faz-me pensar na classe dos filmes dos anos 60, não sei... Trouxe comigo este biquíni com efeito enrugado e folhos com bolinhas brancas. As cuequinhas são cintura subida e high leg. Os dois fatos-de-banho são meio "básicos" mas têm um twist que lhes dá um ar distinto. Para fazer conjunto e porque estou cada vez mais consciente de que o chapéu é fulcral no Verão (depois de no ano passado ter apanhado vários escaldões na cabeça), resolvi comprar este em palhinha preta.


El Corte Inglés - Parte de cima 15.00€ 19.99€Parte de baixo 15.00€ 17.99€


El Corte Inglés - 29.99€ 45.99€ | tamanho 38


El Corte Inglés - 15.00€ 35.95€ | tamanho 38


El Corte Inglés - 15.00€ 19.95€

E estas foram as minhas comprinhas nestes saldos. E vocês, meninas? Tiveram sorte? Em que lojas encontraram as melhores promoções?  

Beijinhos,

FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO | UM RITUAL DE VERÃO

| On

Olá miúdas,

Parece que já estamos no Verão. E, se há ritual que marca o início do meu, é a Feira Internacional de Artesanato (aka, FIA). Acontece normalmente na última semana de Junho, dura uma semana e eu nunca perco uma edição. Lá arrasto sempre comigo o meu namorado que, coitadinho, nunca me diz que não (thanks miúdo!) ;) Os bilhetes variam entre 2,5€ e 5€. Afinal de contas, é apenas um pequeno contributo para a feira.


A FIA tem um ambiente único que junta todo o tipo de pessoas, nomeadamente: as que gostam do artesanato mais tradicional e português, os multiculturais e os que gostam de comer. Passo a explicar: a feira divide-se em três pavilhões. O primeiro está dedicado aos artesãos portugueses, o segundo aos vendedores de artesanato de outras nacionalidades (africanos, indianos, paquistaneses, russos, chineses, brasileiros, etc.) e o terceiro aos melhores manjares que Portugal tem para oferecer. E o cheiro que lá se faz sentir é delicioso. Pães com chouriço, bifanas, linguiça, leitão, bolas de Berlim de vários sabores, crepes, gelados... É uma perdição. 


Na FIA tenho uma tradição: compro sempre um presente para a minha mãe e outro para a minha avó porque adoram presépios ou figuras de Santo António - a feira é um terreno fértil nestas matérias. E os artistas portugueses nunca deixam de me surpreender. Para mim compro uma peça de bijuteria diferente. Este ano foi a vez de comprar uma gargantilha (a que vêem na imagem). Supostamente era uma pulseira para o pé mas eu gostei tanto que perguntei ao vendedor se havia possibilidade de fazer em forma de choker. Ficou, mais ou menos, por 10€ e é prata indiana.
Ahhh, e atrevam-se a discutir o preço, é engraçado. Quem sabe, não descobrem em vocês uma veia regateadora?


A FIA tem uma aura diferente e especial, e acho que é isso que me chama todos os anos. Vá, a mim e ao Diogo :P
É uma excelente iniciativa e faço questão de apoiar os nossos artesãos. Para quem tiver curiosidade, há sempre workshops e conferências muito interessantes. Já alguma vez foram? Têm curiosidade?

Beijinhos e até ao próximo post,

SHAMPOO PORTUGAL - DESCONTOS PONTO PT

| On


Hey miúdas,

Como sabem, sou uma predadora online de lojas de qualidade e com bons preços. Se forem portuguesas, ainda melhor. 
Há algum tempo, comprometi-me comigo mesma a usar apenas champôs amigos do couro cabeludo, não tão amigos da carteira though, o que significa que deixei (quase) de lado os de supermercado. 

Nas minhas investidas, encontrei por acaso a loja Shampoo Portugal. Como o nome indica, uma loja portuguesa com imensos produtos das "melhores marcas aos melhores preços" - citando a loja. E eu confirmo. Encontrei, sobretudo, as melhoras ofertas de champôs e máscaras para o cabelo da Kérastase. E olhem que eu faço bem o meu trabalho de casa e analiso a concorrência antes de me decidir a comprar. 


Procurei cá em casa quem precisava de reabastecer o stock já que fazendo encomendas no valor de 60€, os portes de envio são gratuitos. Comprei três champôs e uma máscara (os dois últimos da lista não são para mim, óbvio :P):

Kérastase Elixir Ultime Sublime Cleansing Oil - 15,60€
Kérastase Elixir Ultime Beautyfying Oil Masque - 24,95€
Kérastase Homme Capital Force Anti Gras - 15,60€
Schwarzkopf 3D Men Champô Anti-Queda - 6,95€

Tenho a dizer que a minha experiência foi muito positiva. Encomendei numa segunda-feira à noite, na quarta de manhã já tinha os produtos nas minhas mãos. Vinha tudo muito bem embalado e protegido. E todos os itens estavam selados. Verifiquem na imagem. 



Com a encomenda, vinham ainda dois miminhos: uma amostra e um elástico lilás. Não podia ter gostado mais da cor.

Feedback final: super aconselho a Shampoo Portugal. Gostei muito do serviço e nunca foi necessário contactar sequer o apoio ao cliente. Quando o serviço é bom, basta, Vou continuar atenta às promoções da loja!


Beijinhos e vemo-nos no próximo post,

COMPRAS DA SEMANA | PRIMARK - MERMAID, DISNEY, BODY, FATO DE BANHO...

| On

Estou de volta terráqueas, 

Sempre que vou à Primark acabo por trazer para casa só aquilo que não preciso. Mas isto é uma mal que nos assiste a todas, que eu sei. Para mim, ir à Primark é como ir a uma loja do chinês… mas com mais requinte, vá. Os preços são de loucos, as coisas são diferentes e fofinhas e queremos comprar tudo. Confere! Da última vez em que lá estive, estiquei-me. Ora vejam comigo:


Para começar, não resisti comprar este copo para bebidas quentes (e frias) cheio de brilhantes e com a mensagem (em rosaaa!!) "Mermaid hair, don't care" - custou 4,50€. A fazer conjunto, trouxe esta bolsa holográfica para os óculos de sol (2€).


Não me perguntem para que vai servir a bolsa mas não consegui resistir às carinhas queridas dos abacates. Não são fofinhos?! É numa borracha forte e transparente e foi 2,5 euros. Acho que vou usá-la para guardar o telemóvel, carteira e todas essas coisas na mala da praia. 


Sou fã dos Invisible Bobble e até admito já ter até dispensado os elásticos comuns. Resolvi  então experimentar estes da Primark - são bem económicos (apenas 2€) e as cores tão giras para o Verão, especialmente aquele holográfico!. 


Ainda na onda dos acessórios para o cabelo, trouxe estes dois na vibe rock and roll. Foram um pouquinho mais caros - quatro euros - mas as contas são mesmo de metal por isso, espero que não se estraguem tão facilmente. 


Não é que precise mas não resisti a estas canecas. A primeira foi 1,5€ - estava em promoção - e a do Pooh foi 3,5€.


Não podia sair da Primark sem trazer nada para a praia. Adorei a cor deste fato-de-banho azul marinho. O preço foi também bem simpático - 6€! Gostei muito das costas, que são abertas, e as formas são ideais: não é uma peça demasiado aberta, nem muito fechada. Comigo trouxe também esta parte de cima de biquíni (7€). Deixei por lá as cuecas porque a loja irlandesa teima em fazê-las com as proporções de um lençol. 



Já há algum tempo que queria comprar um body canelado deste género. Havia em várias cores mas acabei por comprar em branco. Foi super barato, apenas 5€, mas penso que entretanto já os vi por 6 (será?).


Para terminar... Tenho visto em vários Instagrams UK, imensas peças lindas na Primark da Bela e o Monstro. Procurei, procurei, procurei mas nada. Só na secção dos pijamas é que me fui deparar com estes calções MEGA lindos! Custaram 6 ou 7 euros.

E assim se gastam quase cinquenta euros em coisas que muito provavelmente não precisava. Mas que sabe bem depois olhar para todas estas coisas queridas, sabe. Vocês são como eu? Também se perdem assim pela Primark?

Beijnhos,


OUTFIT #5 | EARTH TONES AND SOCK BOOTS

| On

Hi girls,

Ponderei algum tempo se encerrava este capítulo do blog ou não… Decidi dar(-me) uma outra oportunidade e tentar redescobrir aquilo que inicialmente me levou a criar o blog. A verdade é que já sinto saudades de publicar e de comentar os vossos espaços mas estou numa fase de transição. Já tenho posts programados, fotografias tiradas. Vamos ver se consigo manter a minha palavra!

Os outfits são os posts que mais gosto de ver nos vossos blogs e espero mesmo que também eu consiga incluir mais destes por aqui. 
Acho que este conjunto é meio ambíguo: início do frio ou o fim dele - este último é, mais ou menos, a fase em que estamos. Usei este casaco comprido em crepe, ideal para proteger do frio da manhã e da noite, e, por baixo, uma camisa branca leve. Disse-vos num dos (poucos) posts do final de 2016 que queria comprar umas sock boots... e aqui estão elas. O que acham?  São TÃO confortáveis!


Casaco: Gazzel
Camisa branca: Lefties
Leggings: Zara
Botas: Mary Paz 

(uma fotografia muito Linkedin)







E por hoje já está! Espero que tenham gostado deste novo outfit. A ver se ganho coragem para tirar mais fotografias :P

Beijinhos,

Custom Post Signature

Custom Post  Signature